terça-feira, junho 11
Shadow

Foragido do Estado de Rondônia de alta periculosidade é preso em Guaraí

Homem já tinha mandado de prisão em aberto por tráfico interestadual.

Dando continuidade às ações da operação Protetor, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, na tarde desta quinta-feira (6), agentes 5ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (DEIC – Guaraí), deu cumprimento a mandado de busca e apreensão e efetuou a prisão em flagrante de um indivíduo de iniciais M.J.L.B., de 32 anos, o qual é considerado de altíssima periculosidade e integrante de uma organização criminosa de renome nacional e que também atua no Tocantins.  

Segundo a Polícia Civil, os agentes realizaram duas investigações em desfavor desta mesma pessoa, ambas por tráfico interestadual de drogas, sendo que antes do desfecho da primeira investigação, o investigado foi preso em flagrante delito no ano de 2022, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) da cidade de Vilhena (RO), quando o mesmo retornava para o Tocantins. 

Na segunda investigação, no início de 2024, após o indivíduo ter voltado a residir no Tocantins, o mesmo teve expedido em seu desfavor mandado judicial de busca e apreensão proveniente da 1ª Vara Criminal da Comarca de Guaraí. Com base na nova ordem judicial, os policiais intensificaram as investigações e na tarde desta quinta-feira, deram cumprimento ao mandado de busca na residência que era ocupada pelo indivíduo onde foram apreendidos R$ 31,00 em notas trocadas, de pequeno valor, quatro porções de substâncias análogas a crack, bem como dispositivos eletrônicos. 

No momento da abordagem, o homem resistiu à prisão e tentou inclusive empreender fuga do local, mas foi devidamente contido e capturado pelos policiais civis. Ao verificar a ficha do homem, os agentes constataram que havia em desfavor do mesmo, um Mandado Judicial de Prisão em aberto, expedido pela 2ª Vara Criminal de Vilhena, Estado de Rondônia, e que foi dado cumprimento na ocasião.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *