domingo, julho 14
Shadow

NO TO: Plantio de soja está proibido até setembro para evitar pragas

Nesse período devem ser realizados serviços de fiscalização e orientação. O plantio no Tocantins é liberado apenas para pesquisa em terras altas e produção de soja sementes.

O período do vazio sanitário da soja começa nesta segunda-feira (1º). Os produtores rurais estarão proibidos de plantar em lavouras de sequeiro no Tocantins até o dia 30 de setembro. A medida é feita para prevenir a ferrugem asiática, uma praga que prejudica o desenvolvimento dos grãos de soja.

Segundo o estado, a safra 2023/2024 tem uma área plantada de soja de 1.418.595 hectares. Foram cadastradas na Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) 2.793 propriedades com cultivo da oleaginosa no Tocantins.

A responsabilidade pela eliminação de plantas vivas de soja voluntárias ou não é exclusivamente dos produtores ou dos ocupantes da área, segundo a Adapec. O produtor que não destruir as plantas por meio químico ou mecânico, estará sujeito a sanções. 

Ao longo dos meses, a Agência deve realizar ações de monitoramento e fiscalização para evitar plantas vivas de soja durante o vazio sanitário.

Plantio para pesquisa 

Nesse período de vazio o cultivo de soja é liberado apenas para fins de pesquisa em terras altas e produção de soja sementes, sementes para uso próprio e pesquisa ou ensino nas Planícies Tropicais sob sistema de subirrigação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *